sábado, 24 de outubro de 2015

Dia de limpar o campus do College


 Hoje meu time de basquete foi recrutado pelo nosso técnico para recolher todo o lixo espalhado pelo campus.

OBJETIVO(S) :
-  conscientização de não jogar o lixo no chão
- trabalho em equipe
- valorização do ambiente em que vivemos

 Recolhemos uma grande quantidade de lixo no chão. Garrafas, isopores,latas, embalagens de salgadinho, plásticos....

Eu e meu grupo separamos as garrafas de plastico e latas de alumínio para serem recicladas.

São raras as pessoas aqui preocupadas com o meio ambiente, eu já vi gurias do meu time jogando lixo no chão.

 Espero que elas comessem a ser mais conscientes e se importem que esse lixo jogado no chão vai ser recolhido por alguém ou vai ficar no meio ambiente durante um bom tempo.


sábado, 19 de setembro de 2015

Me mudei para os Estados Unidos

A mais ou menos um mês atras eu me mudei para o estado de Kansas nos EUA. Estou morando em um College.

Moro em um apartamento com mais três gurias, duas americanas e uma brasileira.Eu vim para cá jogar basquete. Eu e meu time fizemos as três refeiçoes do dia na cafeteria do College, a maioria dos alunos também faz isso.
Estou cada dia mais impressionada com a quantidade de desperdício de comida e a quantidade de lixo que eles produzem, eles colocam muita comida fora( por se servirem de mais e não comerem tudo).
No cafe da manha você pode fazer um waffle em uma maquina, você só precisa pegar um copo de plastico e botar a massa que tem pronta dentro do copo e derramar na maquina e jogar o copo de plastico fora. Se você quiser manteiga ou geleia você precisa pegar uma daquelas embalagens de plastico pequena com  geleia dentro.
Em todo o College não é separado o lixo. Outra coisa que me incomoda é  que seria muito fácil fazer uma composteira aqui, espaço não falta, ate por que aqui é   um cidade pequena e tem bastante fazenda ao redor.
Esta semana eu descobri que tem um lugar que recicla plásticos do tipo 1 e 2 e papel. Então eu estou tentando separar no apartamento onde eu moro,

                              caixa laranja é  para o papel 

 Únicos lixos recicláveis que tem  na escola são de  garrafas de plastico, acho que tem uns 6 pontos em todo o campus. Estou realmente decepcionada com isso. Quero tentar fazer algo pelo College, para reciclar mais.  Já perguntei para varias pessoas a respeito. Vou participar do Green Group (grupo verde), só quero ver qual vai ser o trabalho que este grupo vai fazer no College.


domingo, 26 de julho de 2015

Campanha minha sacola #mybag


Você sabia que os sacos de plástico iriam ser proibidos na Califórnia no dia primeiro deste mês? Isso não aconteceu porque as empresas de sacos plásticos se impuseram economicamente e fizeram com que a lei fosse revogada. The Story of Stuff está fazendo a campanha #MyBag para comemorar as sacolas reutilizáveis, ajudar a lei ser aceita e trazer a consciência para os perigos das sacolas de plástico.
Você sabia que são consumidas entre 500 bilhões e 1 trilhão de sacolas plásticas em todo o mundo anualmente? No Brasil, cerca de 1,5 milhões de sacolinhas são distribuídas por hora!
Para sua produção são consumidos petróleo ou gás natural (ambos recursos naturais não-renováveis), água e energia; e liberando efluentes (rejeitos líquidos) e gases tóxicos que contribuem para o agravamento do efeito estufa. Depois de usadas, muitas são descartadas de maneira incorreta, aumentando a poluição e gerando consequências como o entupimento de bueiros que escoam as águas das chuvas ou recebendo como destinação – extremamente inadequada – matas e oceanos,
locais onde essas sacolas são ingeridas por animais que morrerem sufocados ou presos a 
elas.
Por quê não utilizar sacolas reutilizáveis ?
Eu tenho sacolas reutilizáveis e adoro elas! As vezes tenho o problema de esquecer ela em casa, por isso eu tenho uma sempre dentro da minha bolsa e tenho outras dentro do carro. Elas são mais praticas e bonitas do que as sacolinhas de plastico, e ainda são amigas do meio ambiente.


Vamos mostrar as nossas sacolas de compras reutilizáveis para ficar com o pessoal da Califórnia que estão lutando para a proibição de sacos de plástico, para mostrar o quão incrível sacos reutilizáveis são e quão fácil é reduzir o desperdício.
#MyBag
Leia mais sobre a campanha #MyBag em The Story of Stuff website e siga #MyBag no Facebook

Quem me indicou foi :Kathryn Kellogg - Going Zero Waste
Agora é sua vez:

Letícia Klein- Sustenta ações 
Maria Luiza - Vivendo sem lixo

Por favor, poste uma foto de si mesmo com sua sacola de compras reutilizável, marque três  Bloggers Lixo Zero, link de volta para a pessoa que você marcou e certifique-se de incluir #MyBag em suas fotos.




fonte: Meio ambiente

sábado, 18 de julho de 2015

Algumas pequenas mudanças

Para conseguir cada vez mais produzir menos lixo é preciso fazer algumas mudanças na rotina do dia a dia. Essa semana adquiri 4 novos produtos que vão fazer eu produzir muito menos ''lixo''.
Eu adquiri:

Condicionador e Shampoo
Desodorante 







 Shampoo, condicionado e desodorante  em barra na loja Lush. Uma loja com uma consciência ambiental  muito legal. Você pode comprar o produto sem embalagem alguma, e se quiser pode adquirir as latinhas (que são reutilizáveis) para armazenar adequadamente.
A compra mais importante que eu fiz foi o coletor menstrual da marca Lunette.

Fiquei muito tempo pesquisando a respeito do coletor menstrual, porque ele não é um produto muito conhecido ainda e nem muito fácil de encontrar em lojas. Perguntei para duas ginecologistas a respeito se elas indicavam utilizar o coletor menstrual ou não. Nenhuma delas sabia o que era um coletor menstrual. Então resolvi fazer buscas pela internet, ler opiniões de  mulheres que usam, e ler a respeito das marcas. Li muitos comentários positivos, então finalmente eu comprei em uma loja alternativa aqui em Adelaide. Já utilizei ele e ADOREI!!!
Primeiro requisito de fez eu decidir comprar foi porque ele é muito ecológico. Você pode utilizar ele durante 5 a 10 anos.
Segundo foi porque o coletor menstrual é muito mais fácil de usar, mais confortável,mais  higiênico e mais barato do que os absorventes.

Um vídeo muito legal a respeito do coletor menstrual é o da marca Inciclo. De uma olhadinha :



quarta-feira, 10 de junho de 2015

Nao e mais facil ser lixo zero em um pais desenvolvido com a Australia!!

Sempre achei que seria muito mais fácil ser Lixo Zero em um pais desenvolvido, onde eu conseguiria produzir muito menos material que pode ser reciclado e material que não pode ser reciclado do que eu produzia no Brasil. Mas não é bem como eu pensava. Existem facilidades para descartar os resíduos corretamente, mas não para diminuir a quantidade que nos produzimos. Uma grande diferença é que aqui na Austrália eles incentivam a não utilizar sacolas plasticas no supermercado, e se tu precisar a sacola tem o custo de 15 cents cada.(grande parte leva suas sacolas reutilizáveis ) Aqui no estado onde eu estou morando (South Austrália) quase todas as praças de alimentação nos shoppings oferecem pratos e talheres de plastico em vez de loca como no Brasil, isso faz com que produzimos mais lixo. Outra coisa, no Brasil quando vamos comprar carne embalada no supermercado, grande parte das carnes tem na sua embalagem uma badeja de isopor (material que não é reciclado). Aqui algumas embalagens das carnes são bandejas de plastico(material reciclável). No Brasil eu tenho uma composteira em casa para destinar corretamente a matéria orgânica, na Austrália como o governo disponibiliza três lixeiras para armazenamento correto dos diferentes resíduos , uma delas é encaminhada para uma composteira gigante, onde ira virar adubo. Na Austrália cerca de 60% do lixo tem uma destinação correta(não vai para um aterro sanitário), apenas 40% vai para o aterro. No Brasil apenas 3% do material reciclável e reciclado, mas 98% das latinhas de alumínio usadas no Brasil são recicladas.

sexta-feira, 13 de março de 2015

BRAZIL X AUSTRÁLIA

      Algumas diferenças :

Lixeira


Caminhão de lixo


                                                     Dia do lixo




Olhando essas fotos, percebemos que têm apenas poucas diferenças entre os dos países , mas se pararmos para analisar, as diferenças  são grandes.

Aqui na Austrália, o governo que fornece as lixeiras para as casas. São três lixeiras, a amarela para o lixo reciclado, a vermelha é lixo em geral, e a verde é para galhos e resto de comida (coisas que podem ir em composteira).  Uma vez por semana passam os caminhões  que recolhem a lixeira  vermelha e a verde, o caminhão que recolhe a lixeira  amarela passa a cada 15 dias. Grande parte da população separa o lixo seco para a reciclagem.
Olha como funciona o caminhão:


video


Aqui na Austrália apenas necessita do motorista do caminhão.
No Brazil, o caminhão do lixo passa  três vezes por semana, e o da coleta seletiva( material reciclado) uma vez por semana (na maioria das cidades).  Precisa-se de três pessoas no mínimo no caminhão. (motorista e mais duas pessoas para colocar o lixo dentro do caminhão)

Benefícios da Austrália. 
-O caminhão passando com menos freqüência, isso faz com que o governo gaste menos com gasolina e também polui menos o meio ambiente.
- Tendo recipientes fechados para armazenar o lixo, ele não produz cheiro, e é mais higiênico.
-  Coletores do lixo, não precisam entrar em contato com ele.
- O governo investe mais dinheiro adquirindo as lixeiras, mas economiza com funcionários, com gasolina, e ajuda o meio ambiente.  

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015


 A partir de agora vou escrever sobre a Austrália, vou morar na cidade de Adelaide  em torno de 6 meses. Durante esse período quero mostrar como este pais cuida do meio ambiente, e as diferenças entre o Brasil e a Australia quanto à conscientização ambiental por parte do governo e da populaçao de cada país.